Segunda-feira, 20 de Março de 2006

Dafné

Neste Domingo, na sua habitual crónica no jornal Público, João Bénard da Costa escreve sobre o mito de Dafné.
«Apolo foi sempre o deus das despedidas…Mas a história mais terrível foi a história com a ninfa Dafné, a filha do rio Peneu. “Amor não casual mas provocado pela ira do cruel Cupido” de cujos arcos e flechas Apolo imprudente se rira. Cupido atingiu-o então com a flecha de ouro e de ponta resplandecente que o feriu “per ossa medullas”. Por quem se apaixonou o deus? Pela virgem que lhe imitara a irmã (a casta Artémis) e vagueava por montes selvagens, recusando amor e himeneu….Debalde lhe jura que não a persegue como inimigo, nem como o lobo persegue o cordeiro. “Eu sou o rei de Delfos, de Clara, de Tenedo e de Patara, revelo o futuro, o passado e o presente e ensino a acordar ao som da cítara”
Mas Dafné foge-lhe sempre, A ela, o medo lhe dá asas. A ele, a esperança o faz ser mais veloz. Quando finalmente, “exausta e vencida”, Dafné se sente cair, suplica à Mãe (a Terra) que lhe destrua o aspecto e lhe transforme a beleza que é causa de ruína e roga ao pai, rio de poderes divinos, que a transforme em muito outra coisa.
Foi então que um pesado torpor lhe invadiu os membros, que o peito se mudou em casca, os braços em ramos e os cabelos em folhas. Mas, mesmo assim, Apolo a amou: “Já que não podes ser minha mulher, serás meu abrigo.” E dela fez o loureiro, árvore para sempre inseparável do Deus da música e da poesia. Pelo menos segundo Ovídio, assim se passaram as coisas.»

É realmente, como escreve JBC, uma história terrível mas aquele frase final “Já que não podes ser minha mulher, serás meu abrigo.” salva tudo.

publicado por maratonista às 11:35
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sol & Sombra

. blue Wine

. O Monsto do Espaço

. the day after

. uma pausa

. trabalho infantil

. está calor, não está?

. gaspacho amim, gaspacho a...

. bizantinice

. so beautiful to me

.arquivos

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds