Quinta-feira, 22 de Setembro de 2005

bateu a saudade

Budapeste, capital da Hungria. Num pequeno café/restaurante/bar ela está a uma mesa sorvendo aos poucos uma chávena de chá. O músico residente, violinista, tocava uma célebre música daqueles lugares – két gitár (duas guitarras), que ela já tinha ouvido antes. (Ele costumava passar no velho gira-discos que tinha no quarto, um LP de Charles Aznavour, gravado ao vivo, em que a canção que abria o disco era esta mesmo).


E, de repente, bateu-lhe a saudade à porta.
Saudade dos momentos passados naquele quarto em Domingos à tarde.
Saudades da partilha de emoções, cheiros e corpos.
Saudades do calor dos olhares.

A música dali era tão parecida com a do nosso fado que parte da sensação misturava-se com as lembranças. O vento assobiando lá fora lembrou-lhe a solidão, e o olhar que o espelho da parede ao lado lhe devolveu era uma assombração do passado.

publicado por maratonista às 19:55
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sol & Sombra

. blue Wine

. O Monsto do Espaço

. the day after

. uma pausa

. trabalho infantil

. está calor, não está?

. gaspacho amim, gaspacho a...

. bizantinice

. so beautiful to me

.arquivos

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds