Sexta-feira, 12 de Agosto de 2005

Um beijo

Eu por vezes nem acredito que estas coisas acontecem. Juro. Estou eu, e um outro camarada de corridas, a treinar no circuito à volta do lago. Os bancos de pedra, que estão posicionados à volta do lago, estão ocupados por casalinhos a namorar. Reparo então que um desses casalinhos, com idades a rondar os 16/18 anos, está a beijar-se longamente. Ele está de costas para nós, ficando ela de frente. Ao longo de quatro ou cinco voltas reparei que a rapariga estava a beijar de olhos abertos… fixos nos meus. A “micar-me”. Com raios e coriscos… a fulana estava a engatar-me!
Eu sei que está calor; os corpos aquecem e as emoções transparecem. Eu sei que não aparento o meio século de vida. Eu sei que estes namoricos/relações nestas idades são fogo-fátuo. Mas porra… quando se beija assim, longamente, deve-se estar a empenhado a cem por cento.
Ou então sou eu que sou um ingénuo.
publicado por maratonista às 19:59
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 16 de Agosto de 2005 às 23:44
ou então és muito, muito bem parecido :))lyra
</a>
(mailto:notasdelyra@gmail.com)
De Anónimo a 16 de Agosto de 2005 às 09:22
Ai pois és!!!! Já estou de volta, ai que férias tão curtas! E cheia de trabalho agora, com as eleições a porta. Beijo meu amigo, já tinha saudades tuas!fernanda
(http://apenasmaria.blogs.sapo.pt)
(mailto:apenas-maria@sapo.pt)

Comentar post