Segunda-feira, 20 de Dezembro de 2004

Gatos

Estou a escrever este post com uma gatinha de poucos meses no colo. Filhota da gata dos vizinhos, de início era arisca mas agora quer é festinhas e sitio quente parase deitar. É claro que escrever este texto no portátil está a tornar-se numa tarefa mais complicada pois a gatita quer a todo custo brincar e parte para cima do computador pousando as patas no teclado. Isso quando não está a brincar com o fio do rato. A raça desta gatita é a mais divulgada, mistura de gata vadia com gato de não se sabe donde. Listada e a ficar um pouco para o gordito. Pois, come em casa da dona e chega aqui está a comer outra vez. Acabo por pensar que ela deve julgar que a nossa casa é uma extensão da casa dos donos. Aliás os gatos, como animais extremamente independentes que são, e ao contrário dos cães, afeiçoam-se à casa e não aos donos. Olha agora atirou-se a um fio de eléctricidade...fui tirar-lhe o brinquedo não fosse ficar electrocada.


Em tempos tivemos um gato siamês. Alguém abandonou esse gatito, ainda bébé, e o meu irmão pegou nele e levou-o para casa. Na altura acabou por ficar com um nome engraçado. Entrando numa loja, o meu irmão ouviu um nosso imigrante referir-se a determindado aparelho como Bideu (pronúncia à Porto), achando graça  decidiu que em homenagem aos nossos imigrantes o gato assim se chamaria - bideu. Muito nos rimos. Esse gato quando cresceu era bem grande e chegava a correr com cães o nosso quintal. Não tinha era muito jeito para subir às arvores e por várias vezes lá tivemos que o ir buscar.


Bom, por hoje este post fica por aqui que está na hora da paparoca.

publicado por maratonista às 19:55
link | comentar | favorito
11 comentários:
De Anónimo a 25 de Dezembro de 2004 às 21:25
Adoro gatos! E tenho pena de agora não ter comigo nenhum... mas na correria que ando sempre não posso tê-los... para ficarem sózinhos não quero... um beijo de Feliz NatalElsa
(http://delirios2004.blogs.sapo.pt/)
(mailto:eee@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Dezembro de 2004 às 09:47
Volto para deixar os votos de um muito Feliz Natal.
Recheado de tudo de bom. Beijinhosofia
(http://otecto.weblog.com.pt)
(mailto:sopontocom@clix.pt)
De Anónimo a 23 de Dezembro de 2004 às 19:38
Continua a gostar e "respeitar" os animais.Eles nascem, crescem e sentem.tb .
....Feliz Nataldocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@net.sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Dezembro de 2004 às 19:27
bom natal .:)carla de elsinore
</a>
(mailto:travessia@hotmail.com)
De Anónimo a 23 de Dezembro de 2004 às 12:32
Passei por cá para desejar um Feliz Natal e que este ano venha no sapatinho tudo o que desejar, saúde, paz e muito amor. E muito esperança que dias melhores virão.
Beijos Grandes
Ofeliazinha
Ofeliazinha
(http://www.ofeliazinha.weblog.com.pt)
(mailto:ofeliazinha@sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Dezembro de 2004 às 10:11
Ai que falas dos bichinhos que mais adoro! Aqui fica a minha lista mais recente, infelizmente postumamente: snow, lucky, sunny, nico, moon, cat e os vadios que nasceram no meu jardim e por lá ficaram: estúpida, bichinha e gordo! Bj e um grande miau para ti...fernanda
</a>
(mailto:apenas-maria@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Dezembro de 2004 às 16:31
Que inveja!!! Gosto taaatno de gatos!Aragana
</a>
(mailto:aragana@sapo.pt)
De Anónimo a 21 de Dezembro de 2004 às 16:45
Passo apenas para te desejar um feliz natal(que o meu tempo anda limitadissimo e não tenho tempo para andar na net). um beijinhomyryan
</a>
(mailto:myryan@sapo.pt)
De Anónimo a 21 de Dezembro de 2004 às 09:21
Adoro gatos... tenho um e adoro-o mesmo embora este seja traquinas e ande sempre a arranhar os sofás a Je!Daniela
(http://agaja.blogs.sapo.pt)
(mailto:daniela.husetecn@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Dezembro de 2004 às 23:49
Também tive uns vizinhos cujo gato fazia da nossa casa uma extensão da sua.
Por acaso, eu gostava de ficar a trabalhar com ele ao colo, deixava-se ficar e adormecia... Beijinhosofia
(http://otecto.weblog.com.pt)
(mailto:sopontocom@clix.pt)

Comentar post