Terça-feira, 14 de Dezembro de 2004

Crónica I

Vindo de casa, percorria a rua até ao cruzamento de ruas onde ficava o Centro Recreativo do Bairro Marechal Carmona; aí ficava parado a pensar para onde iria. Ir ao centro ver cinema não dava que estava sem cheta (a mesada só foi inventada, em Portugal, muito depois do 25 de Abril). Seguia em frente e descia até passar a linha da Lousã. Depois seguia pela avenida do Brasil até à baixa da cidade, até pôr os olhos no meu amado Mondego. Se fosse verão teria tomado outro caminho, iria até à zona da Lapa onde, com mais uns quantos miúdos e jovens, mergulhavamos no rio do alto de duas ou três árvores, e nadávamos no pequeno braço de água em que o Mondego se tornava no Verão (daí o ser cognominado de basófias). Pensando hoje, no tempo que nesses dias passavamos metidos dentro de água, chego à conclusão de que devíamos ser meio arraçados de patos.


Não sendo verão seguiria então até à baixa da cidade. Voltas pelas ruas a ver as pessoas, rostos e labores. Nas idades jovens a nossa cabeça é uma autêntica esponja, os sons e as cores entravam em catadupa dentro de nós e estavamos sempre ansiosos por mais. Talvez segui-se pela 31 de Janeiro até ao cimo e desse uma volta pelo Jardim da Sereia, no Outono as folhas de algumas árvores adquirem tonalidades de castanho e vermelho lindíssimas. Só muitos anos depois é que soube que ali existe uma das raras colónias de sapos-parteiros da europa. Ou então, ao cimo da avenida viraria à direita em direcção à zona universitária e entraria no jardim botânico (criado por Avelar Brotero) onde os meus olhos se iriam deliciar com espécies exóticas de árvores e flores. Lembro-me de coqueiros que davam uns cocos pequeníssimos.


Saindo do jardim continuaria até ao Calhabé, atravessaria a linha da Lousã, agora em sentido contrário, fechando assim o círculo. Indo até casa, no meu quarto esperava-me o Conde de Monte Cristo, obra em quatro tomos, de Dumas, que eu reli vezes sem conta ao longo da minha meninice e juventude.

publicado por maratonista às 14:37
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sol & Sombra

. blue Wine

. O Monsto do Espaço

. the day after

. uma pausa

. trabalho infantil

. está calor, não está?

. gaspacho amim, gaspacho a...

. bizantinice

. so beautiful to me

.arquivos

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds