Terça-feira, 16 de Maio de 2006

E ela voou

Mais um final de tarde. A manhã foi passada a "dar no osso" (terminologia usado no atletismo; como se depreende significa que se torces a t-shirt saem litros de suor). A parte da tarde começa com a distribuição de planfletos pelo edifício a fazer um apelo à greve na sexta-feira. De volta à sala de origem rparo que pela janela entrou uma mariposa e que não consegue encontrar a saída, vai batento, cansada contra os vidros. Primeiro tento que ela se agarre a uma esferográfica para a colocar lá fora porque tinha medo de lhe danificar as asas. Tarefa inglória. Teve que ser mesmo assim - fazer uma concha com as mãos, apanhar  essa flor que voa (nas mágicas palavras da minha amiga Lyra) e colocá-la do lado exterior da janela. E ela voou.
De resto pouco mais.
sinto-me:
publicado por maratonista às 19:27
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De sofia a 16 de Maio de 2006 às 21:57
Olha tão bonito!
E são tão frágeis elas - foste um herói!
Beijinho
De Ofeliazinha a 17 de Maio de 2006 às 12:39
Inveja que eu tenho dela, também queria voar.
De Aragana a 17 de Maio de 2006 às 13:05
Essa imagem é muito bonita... e sim, a amiga lyra tem razão, as borboletas são flores que voam!
;)
Beijo

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sol & Sombra

. blue Wine

. O Monsto do Espaço

. the day after

. uma pausa

. trabalho infantil

. está calor, não está?

. gaspacho amim, gaspacho a...

. bizantinice

. so beautiful to me

.arquivos

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds